Published on: 15/07/2019

O UNFPA promove a ação “Mais que minha mãe, menos que minha filha”, e foi às ruas para convidar as pessoas a refletirem sobre as mudanças e os desafios encontrados no acesso a seus direitos. Bárbara Alves, de 20 anos, diz que a mãe dela não tinha tanto acesso aos métodos contraceptivos, hoje em dia, para ela, há mais informação sobre isso.