Publicações

Novas entregas

A revisão tem o intuito de analisar os progressos e avaliar aquilo que os países conseguiram implementar da Declaração e do Plano de Ação da III Conferência Mundial contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlatas, reaizada em Durban, em 2001. 

 

Revisão Completa

Este folheto resume o Programa de Cooperação Sul-Sul em parceria com o governo brasileiro e as bases das transferências recíprocas entre países de conhecimentos e experiências na implementação do Programa de Ação do Cairo.

 

Revisão Completa

Desde 2003 um grupo de ongs brasileiras, lideradas por Gestos, em Pernambuco, e o Grupo de Apoio à Prevenção à aids de São Paulo – gapa-sp –, tem organizado os Fóruns ungass aids, onde lideranças do movimento de ongs/aids de diversas partes do país se reúnem para avaliar a resposta governamental diante do compromisso assumido, identificar avanços e lacunas e, com base nesses dados, definir uma pauta de incidência política.

Revisão Completa

Este livro apresenta algumas reflexões levantadas durante o seminário “Tendências da Fecundidade e Direitos Reprodutivos no Brasil”, organizado pelos Grupos de Trabalho de Repodução Humana e População e Gênero, da Associação Brasileira de Estudos Populacionais (ABEP). Os textos reunidos nesta publicação conjunta da ABEP e do UNFPA estão especialmente voltados para uma discussão e balanço dos 10 anos da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (CIPD), realizada no Cairo em 1994.

 

Revisão Completa

O livro Transição da Fecundidade no Brasil é fruto do trabalho do demógrafo Celso Simões, que utilizou informações dos censos demográficos de 1940 a 2000, das Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios (PNADs), especialmente de 1984 e 1986, e das pesquisas que compõem a série DHS (Demographic and Health Survey) para traçar um diagnóstico da atual situação da fecundidade no Brasil.

 

Revisão Completa

Este material faz parte de uma campanha de mobilização pela redução da morte materna no Brasil. A morte materna é um problema sério, sendo uma das dez principais causas de morte entre mulheres de 10 a 49 anos no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2011 a razão de mortalidade materna foi de 68 óbitos por 100 mil nascidos vivos.

 

Revisão Completa

Refletir sobre a responsabilidade social da empresa, dos funcionários e membros de redes sociais em relação às políticas públicas no ambiente de trabalho, à convivência social saudável e ao respeito à diversidade e promoção de prevenção das infecções sexualmente transmitidas com especial ênfase para o HIV são alguns dos pontos discutidos nesta publicação.

O documento é parte integrante das estratégias estabelecidas pelo SEST SENAT numa gama de ações e atividades programáticas definidas para implementação no Plano Estratégico para 2011.

Revisão Completa

Este volume da coleção Demografia em Debate, editada pela ABEP com o apoio do UNFPA, traz uma coletânea de 18 artigos baseados em pesquisas qualitativas em demografia, com foco em saúde sexual e reprodutiva, incluindo acesso e atendimento à saúde reprodutiva no Brasil.

 

Revisão Completa

 A Convençaõ trata sobre a eliminação da discriminação recial em todas as suas formas e manifestações, bem como da prevençaõ e combate às doutrinas e práticas racistas, visando construir uma comunidade internacional livre de todas as formas de segregaçaõ e discriminaçaõ racial. 

 

Revisão Completa

A América Latina e o Caribe apresentam taxas elevadas de fecundidade adolescente se comparadas à média mundial e à outras regiões do mundo, sendo superada apenas pela África. A este respeito, o relatório é um esforço para sistematizar a situação atual em relação à fecundidade e gravidez na adolescência na Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. A primeira parte do estudo foca nas tendências e desigualdades sociais, e a segunda parte sintetiza e compara a legislação e os programas relacionados à saúde sexual e reprodutiva de adolescentes dos países da região.

Revisão Completa

Pages