News

UNFPA participa de corrida e caminhada solidária #ComOsRefugiados

5 Dezembro 2018
O UNPFA, parceiro do ACNUR na resposta ao fluxo de venezuelanos e venezuelanas, também participa do evento (ACNUR/Divulgação)

Para estender a recepção e a solidariedade amazonense à população venezuelana e promover uma maior interação com refugiados e migrantes vindos do país vizinho, a Prefeitura de Manaus e o ACNUR (Agência da ONU para Refugiados) promovem no domingo, 9 de dezembro, a primeira Corrida e Caminhada Manaus #ComOsRefugiados. O Fundo de População da ONU (UNPFA), parceiro do ACNUR na resposta ao fluxo de venezuelanos e venezuelanas, também participa do evento.

Além da população local, o evento contará com a participação de mulheres, homens e crianças venezuelanas que, após enfrentarem difíceis e longas trajetórias de seu país natal até a capital amazonense, estão estabelecidos na cidade e reconstruindo suas vidas com segurança e dignidade.

A partir das 7h da manhã, os participantes farão o tradicional percurso de 5 km do Parque Ponta Negra, um dos pontos turísticos mais conhecidos da capital amazonense. A concentração e a largada serão nas proximidades do anfiteatro. As inscrições serão abertas nesta quarta-feira, 5, a partir das 14h, no site da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) (www.semjel.am.gov.br). Serão 1,5 mil vagas, sendo 200 destinadas para servidores da Prefeitura de Manaus e 100 para pessoas com deficiência.

A corrida e caminhada #ComOsRefugiados em Manaus tem o apoio da União Europeia, que por meio do seu Instrumento de Contribuição para a Estabilidade e a Paz (IcSP, da sigla em inglês) tem promovido diferentes ações do ACNUR e do UNFPA na resposta ao fluxo de venezuelanos para o Brasil, especialmente nos estados de Roraima e Amazonas. Entre as ações estão atividades que promovem uma convivência harmoniosa entre a população venezuelana e as comunidades de acolhida.

Participam também da organização do evento o Fundo Manaus Solidária (FMS) e as secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), de Educação (Semed), da Saúde (Semsa), do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semaac), de Limpeza Urbana (Semulsp), de Comunicação (Semcom), Semjel, Semmas, institutos municipais de Planejamento Urbano (Implurb), de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Casa Militar, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Acolhimento em Manaus - Com a crescente chegada cada vez maior de venezuelanos à capital do Amazonas, tem aumentado a atuação da Prefeitura de Manaus e de organizações internacionais como o ACNUR, União Europeia, UNFPA e UNICEF com a proteção das famílias que buscam a cidade como refúgio. Atualmente, a Prefeitura mantém três casas de acolhimento localizadas nos bairros Coroado, Alfredo Nascimento e Centro, com aproximadamente 600 pessoas.