News

UNFPA e UNAIDS fazem ação conjunta de Carnaval pela prevenção

8 Fevereiro 2018

 

 

O que #ÉbomSaber para curtir um Carnaval de forma saudável e protegida? A partir desta quarta-feira, 7, diversas dicas sobre prevenção, saúde e direitos sexuais e reprodutivos começam a ser veiculadas nas redes sociais com o objetivo de incentivar a dissemianção de informações importantes para foliões e foliãs.
 
Ao longo de duas semanas, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), com apoio das redes sociais da ONU Brasil, irão divulgar vídeos e conteúdos interativos em forma de quiz e enquete, como parte da iniciativa #ÉbomSaber.
 
Entre os temas abordados estão uso de camisinha masculina e feminina, prevenção combinada, sexualidade saudável, gravidez não planejada, estigma e discriminação contra pessoas vivendo com HIV, assédio e prevenção de HIV e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis).
 
“Saúde e direitos sexuais e reprodutivos precisam estar na pauta durante todo o ano, mas percebemos que, no Carnaval, as pessoas acabam mais interessadas nesses temas e mais abertas a receber informações de qualidade”, afirma o representante do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal. “Nesse sentido, parcerias como esta, entre UNFPA e UNAIDS, que trabalham diretamente com saúde e direitos sexuais, são fundamentais para a produção de conteúdos relevantes e que possam ajudar pessoas de diferentes idades a ter mais consciência sobre seus próprios corpos e sobre sexualidade saudável.”
 
Em linhas gerais, a sexualidade está relacionada com afeto, carinho, amor, desejo de contato, intimidade e prazer, além das relações sexuais propriamente ditas e suas consequências. O direito ao acesso a informações qualificadas e adaptadas ao ciclo de vida de cada pessoa, o acesso a métodos contraceptivos e a serviços de saúde qualificados, que permitem que cada pessoa possa tomar decisões sobre sua vida e seu próprio corpo, fazem parte dos direitos sexuais e reprodutivos.
 
“Mesmo com todas as campanhas que são feitas durante o Carnaval e ao longo de todo ano, percebemos que ainda há um desconhecimento muito grande sobre HIV, AIDS e temas relacionados à vivência de uma sexualidade saudável”, explica Georgiana Braga-Orillard, diretora do UNAIDS no Brasil. “Neste Carnaval, queremos contribuir para que mais pessoas se informem sobre prevenção, testagem e tratamento e, acima de tudo, que curtam a folia em clima de zero discriminação.”
 
Para acompanhar os conteúdos, basta acessar os perfis do UNFPA Brasil e do UNAIDS Brasil no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram e nos apoiar na divulgação destas mensagens
 
Grupo Temático Ampliado sobre HIV/AIDS
 
O UNFPA está a cargo da presidência Grupo Temático Ampliado das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (GT UNAIDS) para o biênio 2017-2018. Constituído em 1997, o GT UNAIDS desenvolve ações voltadas para o apoio e o fortalecimento de uma resposta nacional multissetorial à epidemia, com vistas a atingir as metas de acesso universal à prevenção, tratamento, assistência e apoio ao HIV e à AIDS. Seu trabalho é organizado por meio de planos integrais bianuais.
 
No Brasil, o GT UNAIDS é o mais antigo Grupo Temático do Sistema ONU e, há décadas, tem trabalhado para colocar o HIV e a AIDS na agenda nacional, tanto entre formuladores de políticas e programas, quanto entre influenciadores em áreas fundamentais para a resposta, como sociedade civil, representações internacionais e governo.