News

UNFPA e IFMSA Brazil realizam o I Workshop de Formação de Líderes em Saúde Sexual e Reprodutiva

25 De setembro de 2018
Nos dias 29 e 30 de setembro, o UNFPA realiza em Brasília o I Workshop de Formação de Líderes em Saúde Sexual e Reprodutiva. Arte: UNFPA Brasil/Divulgação

Pensando no desenvolvimento e pleno exercício do profissional de saúde a partir da base, nos dias 29 e 30 de setembro, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) realiza em Brasília o I Workshop de Formação de Líderes em Saúde Sexual e Reprodutiva. Em parceria com a Federação Internacional das Associações dos Estudantes de Medicina do Brasil (IFMSA), 20 estudantes de medicina de todas as regiões do país receberão treinamentos sobre os desafios e oportunidades na implementação dos direitos sexuais e reprodutivos na rotina médica.   

Os alunos e alunas foram selecionados por uma ampla concorrência, em edital publicado pela IFMSA Brasil. Um dos requisitos para a seleção foi a apresentação de Plano de Ação que deverá ser realizado pela pessoa ao retornar à universidade, como  forma disseminação do conhecimento adquirido. Todos e todas as participantes, futuros médicos e médicas, receberão certificação de potenciais líderes em saúde sexual e reprodutiva.

O evento conta com a participação de pesquisadores e especialistas da Universidade de Brasília (UnB), representantes do Ministério da Saúde (MS), Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM) e o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), entre outros.

Durante o workshop, as e os estudantes terão a oportunidade de fazer uma reflexão acerca dos direitos sexuais e reprodutivos, além de conhecer e entender a importância das políticas públicas, ações e programas voltados, em especial, para população em situação de vulnerabilidade social. Segundo a oficial de programa do UNFPA no Brasil, Nair Souza, ações como essas são fundamentais para a formação de futuros profissionais. “O aprofundamento em Saúde Sexual e Reprodutiva é fundamental para a transformação das opiniões e práticas em saúde. É um desafio que também se põe aos gestores da atenção à saúde e aos órgãos de formação em saúde”, avalia a oficial.

Entre os objetivos do evento está contribuir para a formação de profissionais da área médica sensíveis à construção de boas práticas, não discriminatórias, assim como a promoção, proteção e garantia dos Direitos Sexuais Reprodutivos, escopo do mandato do UNFPA. A iniciativa é fruto do Memorando de Compreensão (MoU) assinado entre o UNFPA e a IFMSA Brasil em julho. A parceria visa, além do fornecimento de materiais técnicos e informativos, realizações de eventos, oficinas, seminários focados para o desenvolvimento e implantação de projetos, ações e debates que promovam a saúde sexual reprodutiva e planejamento familiar; saúde materno-infantil; saúde adolescente, equidade de gênero; prevenção do HIV /AIDS, combate à exploração sexual e violência, direitos humanos.