Você está aqui

Perspectiva racial no contexto da Covid-19 é tema do 3º encontro da Sala de Situação Violência Baseada em Gênero

 

A Sala de Situação é uma iniciativa do Fundo de População das Nações Unidas no Brasil e em reunião virtual, mulheres da região Norte e Nordeste discutiram sobre desafios enfrentados por pessoas negras durante a pandemia

 

No mês de julho é comemorado o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, e diante da data, o terceiro encontro da Sala de Situação em resposta à Violência Baseada em Gênero Norte/Nordeste, foi marcado pela temática racial no contexto da pandemia da Covid-19. Na reunião que aconteceu na última quinta-feira, 1º/07, as organizações da sociedade civil puderam discutir sobre os desafios que mulheres negras enfrentam durante o período.

Nesta terceira reunião da Sala de Situação, mulheres de cada organização foram divididas em grupos para refletir sobre como o racismo tem sido um agravante na pandemia sobre a vida de mulheres negras, indígenas e pessoas LGBTQI+. Discutiram também sobre os principais problemas das regiões Norte e Nordeste na resposta à violência baseada em gênero com enfoque sobre a questão racial. 

Como resultado, boa parte dos relatos apresentou que, apesar das diferenças locorregionais e iniquidades nas regiões, muitos desafios são semelhantes e foram pontuados: racismo estrutural; ausência de mulheres negras em lugares de decisão política; relações trabalhistas precarizadas; moradia insegura; feminicídio e transfeminicídio; falta de dados e necessidade de descentralização e interiorização da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres.

Como parte da reunião, a consultora Terlúcia Silva, relembrou o 1º Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, realizado há 29 anos, em Santo Domingo, na República Dominicana: “Foi definido que o 25 de julho seria o marco internacional da luta das mulheres negras. Esse encontro se deu a partir do reconhecimento da diversidade das mulheres negras no continente. A realização desse encontro também está dentro dessa experiência de resistência das mulheres negras”.

Luana Silva trouxe também, algumas ações relacionadas a igualdade racial que o Fundo de População das Nações Unidas vêm desenvolvendo ao longo dos últimos anos, como: processos afirmativos para ingresso e permanência de colaboradores no Sistema das Nações Unidas; o Programa de Estágio Afirmativo lançado em 2016; a estratégia interagencial Vidas Negras e o Grupo de Trabalho de Enfrentamento ao Racismo, às Desigualdades Internas e à Promoção de Inclusão formado em 2020. 
 

Sobre a Sala de Situação Violência Baseada em Gênero

Criada em maio de 2020, a Sala de Situação possui o intuito de criar uma rede de mobilização virtual que reúne organizações da sociedade civil que trabalham com a temática  e também no combate e prevenção à violência de gênero. Originalmente, o espaço foi pensado para organizações da região Nordeste. Observando a invisibilidade histórica vivenciada por muitas organizações da região Norte do Brasil em 2021, este espaço foi ampliado garantindo a interação entre as duas regiões. Ao todo, são cerca de 50 organizações participantes em 2021.