Você está aqui

Nota de pesar pelo falecimento de Rosimeris Cavalcante Barbosa

Com grande pesar, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) recebeu a notícia do falecimento de Rosimeris Cavalcante Barbosa, em decorrência de complicações da Covid-19, nesta segunda-feira (21/06).

Indígena da etnia Macuxi, Rosimeris atuava como vice-coordenadora da Organização de Mulheres Indígenas de Roraima (OMIRR), instituição que ajudou a fundar e da qual foi titular por vários anos.

Moradora da comunidade Pium, Região Tabaio, atuou por mais de 40 anos junto à comunidade indígena, sempre em defesa dos direitos das mulheres, especialmente no enfrentamento à violência baseada em gênero. Foi participante ativa em todas as assembleias estaduais dos indígenas de Roraima.

Durante o ano de 2021, Rosimeris foi uma das três representantes do estado de Roraima na Sala de Situação sobre Violência Baseada em Gênero: Norte e Nordeste, coordenada pelo UNFPA, além de integrar atividades sobre saúde e direitos das mulheres.

Rosimeris era uma importante defensora dos direitos dos povos indígenas, assim como das mulheres indígenas e não indígenas. Sua perda se soma a de várias outras lideranças indígenas - em decorrência da Covid-19 - e deixará um vazio inestimável na defesa dos direitos humanos no Brasil, assim como para as organizações parceiras com quem atuou. O UNFPA se solidariza aos povos indígenas, em particular o povo makuxi e a família de Rosimeris.