News

Com Kit Dignidade do UNFPA Venezuela, mulher atravessa fronteira para se reencontrar com marido no Brasil

18 Junho 2019
(Foto: UNFPA Brasil/Ander Guerra)

No posto de triagem da Operação Acolhida em Pacaraima, Roraima, espaço que recebe as pessoas migrantes e refugiadas venezuelanas que chegam ao país, uma mulher despertou reconhecimento na equipe do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Ela trazia um Kit Dignidade distribuído pela equipe do UNFPA Venezuela durante sua travessia, e pretendia encontrar o marido em Boa Vista.

Ao time do Fundo de População em Pacaraima, a mulher (que preferiu não ser identificada) contou que participou de uma roda de conversa com a equipe do UNFPA em Santa Elena de Uairén, na Venezuela, voltada para discutir a prevenção da violência baseada em gênero e ações em saúde sexual e reprodutiva, dois eixos principais do trabalho da agência em assistência humanitária, tanto no Brasil quanto em outros contextos de emergência mundiais. Na ocasião, segundo ela, surgiram vários relatos de violências sofridas. Ao fim da conversa, as participantes, todas mulheres, receberam os kits.

A distribuição de Kits Dignidade pelo Fundo de População da ONU, ou Dignity Kits, é estratégica durante situações de migração forçada. Na bolsa, são encontrados artigos de higiene pessoal e íntima, além de, no caso brasileiro, artigos como lanternas e apitos, que podem ajudar a coibir casos de violência sexual ou baseada em gênero. 

A mulher manifestou gratidão e surpresa pela atenção recebida pelo UNFPA da Venezuela. No Brasil, a recepção não ficou por menos: após escuta e orientação, ela seguiu viagem para encontrar o esposo, que vive com deficiência e já está estabelecido em Boa Vista. Juntos, esperam começar uma nova vida.