165 milhões de razões

Um chamado ao investimento em adolescentes e jovens na América Latina e no Caribe

Nº de páginas: 74

Data de publicação: Junho 2019

Autor: UNFPA

Faça o download da publicação

A publicação “165 milhões” demonstra que as pessoas adolescentes e jovens têm nível educacional maior, mais acesso à tecnologia e são conscientes de seus direitos. Entretanto, muitos ainda têm suas possibilidades de sucesso negadas, com obstáculos que vão desde as poucas perspectivas de emprego (a taxa de desemprego juvenil na região é de 19,5%), às dificuldades de acesso ao ensino médio — apenas 59,4% das pessoas entre 20 e 24 anos concluíram esta etapa de educação  — e ao alto índice de gravidez não intencional na adolescência. A taxa de gravidez na adolescência é de 62 a cada mil adolescentes entre 15 e 19 anos na América Latina e Caribe. Mesmo índice do Brasil.

Globalmente, o mundo abriga 1,8 milhões de jovens. Estima-se que atualmente a região da América Latina e Caribe tenha 165 milhões de pessoas entre 10 e 24 anos de idade, o que significa que uma em cada quatro pessoas é jovem.
O Fundo de População das Nações Unidas apresenta a Iniciativa de Investimento para Jovens e Adolescentes, 165 Milhões de Razões: uma chamada à ação destinada a mobilizar, ampliar e coordenar esforços em favor das gerações presentes e futuras. A iniciativa visa promover a interação multissetorial em torno da importância de investir na adolescência e juventude, e fomentar e coordenar a mobilização de esforços para gerar investimento em adolescentes e jovens, no âmbito da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, a Estratégia Global da Juventude das Nações Unidas e o Consenso de Montevidéu sobre População e Desenvolvimento.

 

O imperativo dos direitos
Adolescentes e jovens têm direitos humanos e devem ser capazes de exercê-los plenamente. Esses direitos são expressos em diferentes convenções.

O imperativo demográfico
Até o ano 2030, um terço dos países da região chegará ao fim da janela do dividendo demográfico resultante do simples fato de ter uma grande proporção de pessoas em idade produtiva.

O imperativo do desenvolvimento sustentável
Com o futuro em jogo, os jovens já representam uma força importante para o avanço na implementação da Agenda 2030 em diferentes áreas. A participação de jovens pode contribuir para a realização dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Alcançando 165 milhões: 10 ações a serem empreendidas agora

Ação 1: Não deixe nenhuma pessoa adolescente ou jovem para trás.

Ação 2: Garantir que todas as pessoas possam terminar o ensino médio.

Ação 3: Apoiar o emprego dos jovens.

Ação 4: Abrir mais espaço para o engajamento e participação.

Ação 5: Garantir o acesso universal a serviços de saúde sexual e reprodutiva integrados e de alta qualidade.

Ação 6: Reduzir a gravidez não intencional na adolescência.

Ação 7: Proporcionar uma educação sexual abrangente e adequada à idade.

Ação 8: Prevenir a violência baseada em gênero contra mulheres e meninas.

Ação 9: Acabar com o casamento precoce e forçado e uniões de menores de 18 anos.

Ação 10: Garantir a paz e a segurança para adolescentes e jovens

Juntos podemos trazer mudanças!

Toda pessoa e toda organização tem um papel a desempenhar e uma responsabilidade a cumprir em ações que buscam responder aos problemas que afetam a todos nós.

Investir no poder e no potencial de adolescentes e jovens tem a ver com um compromisso compartilhado que reconhece que todas as pessoas estão conectadas.

Todos podemos nos beneficiar de um presente melhor e um futuro melhor. Cada um de nós pode tomar ações que transformam nosso mundo e nossa região, nossos países e nossas comunidades.