News

UNFPA e Itaipu formalizam parceria com Memorando de Entendimento

23 Outubro 2012

Paraná - O Fundo de População das Nações Unidas, o UNFPA, e Itaipu Binacional assinam nesta terça-feira (23) um Memorando de Entendimento (MdE) para formalizar a parceria existente voltada para a cooperação conjunta nas comissões de Saúde Indígena, Saúde Reprodutiva e Direitos, Saúde do Idoso e Saúde do Homem do Grupo de Trabalho Itaipu Saúde (GT Itaipu-Saúde). A assinatura acontece na Sede da Itaipu em Foz do Iguaçu (PR), durante a Reunião do GT Itaipu-Saúde.

 

O UNFPA participa desde 2011 das reuniões do GT Itaipu-Saúde, com ênfase nas discussões sobre saúde do homem e equidade de gênero. O MdE surge como um fortalecimento dessa parceria, além de uma oportunidade para envolver o UNFPA e Itaipu em novos projetos na Tríplice Fronteira (Brasil – Argentina – Paraguai).

“Já contribuímos tecnicamente para os grupos de trabalho sobre saúde reprodutiva e população indígena, e estamos abertos para trabalhar com outras iniciativas”, destacou o Representante do UNFPA no Brasil e Diretor do UNFPA na Argentina e no Paraguai, Harold Robinson.

O Memorando de Entendimento é assinado no âmbito da Cooperação Sul-Sul, já que está baseado no diálogo e na cooperação entre o Brasil e Paraguai, com benefício também para a Argentina. Segundo Robinson, “a Cooperação Sul-Sul é uma das estratégias centrais adotadas pelo UNFPA no Brasil, para promover a troca de experiências entre Brasil e principalmente países da América Latina, Caribe e África, e impulsionar os avanços na agenda de população e desenvolvimento, com foco prioritário em saúde e direitos reprodutivos, participação e direitos dos jovens”.

“Temos colegas dos escritórios do UNFPA no Brasil, Argentina e Paraguai participando deste encontro, o que dá a dimensão da importância com que estamos tratando essa aliança”, apontou Harold Robinson. A expectativa para o UNFPA é que a parceria contribua para o fortalecimento e desenvolvimento da região fronteiriça. “Nos sentimos muito afortunados por contar com esse espaço privilegiado de trabalho na Tríplice Fronteira. Esperamos criar aqui uma experiência que possa inspirar outros países a trabalhar com o mesmo espírito colaborativo com seus vizinhos”, ressaltou o Representante do UNFPA.

A assinatura do MdE acontece hoje, 23/10, às 13h30, durante a 104º Reunião do GT Itaipu-Saúde, em Itaipu. Estarão presentes na cerimônia o Sr. Harold Robinson, Representante do UNFPA no Brasil e Diretor do UNFPA para a Argentina e o Paraguai; a Dra. Margaret Mussoi Luchetta Groff, Diretora Financeira Executiva da Itaipu pelo Brasil; e o Dr. Javier Galeano Betinez, Diretor Financeiro da Entidade pelo Paraguai, representando, respectivamente, os Diretores-Gerais do Brasil e do Paraguai de ITAIPU.

Itaipu

A Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior do mundo em produção de energia, é uma empresa binacional criada pelo Brasil e Paraguai em 1974. Além de gerar 20% da eletricidade consumida no Brasil e 87% da energia usada no Paraguai, a Itaipu Binacional desenvolve um amplo programa de responsabilidade socioambiental, incluindo programas de voluntariado, incentivo à equidade de gênero, de proteção à criança e ao adolescente, de iniciação ao trabalho e de saúde.

O Programa Saúde na Fronteira, desenvolvido pelo GT Itaipu-Saúde, beneficia uma população de 1,5 milhão de pessoas que vivem na Tríplice Fronteira, com iniciativas nas áreas de saúde materno-infantil, indígena, do idoso e do homem, entre outras, com foco nos profissionais de saúde e visando melhorar a qualidade do atendimento.