News

UNFPA disponibiliza Kits Dignidade e faz roda de conversa com povo indígena Taurepang em Roraima

11 Junho 2019

Em Roraima, a comunidade indígena Bananal, do povo Taurepang, acolhe pessoas indígenas venezuelanas que deixam o país e são da mesma família, os Pemones. Na última semana, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) visitou o espaço, localizado dentro da Terra Indígena São Marcos, levando informações sobre saúde sexual e reprodutiva, violência baseada em gênero e promovendo a entrega de Kits Dignidade.

A especialista jovem do UNFPA para questões relacionadas à violência e juventude em Roraima, Paula Teixeira, explica que as pessoas integrantes da família Pemón Taurepang procuravam orientações sobre direitos humanos e insumos de necessidades básicas. Nos Kits Dignidade do UNFPA, montados em parceria com a Visão Mundial e com financiamento do Fundo Central de Resposta de Emergência das Nações Unidas (CERF), são fornecidos artigos de higiene básica e outros insumos estratégicos, como lanternas e apitos, para alertar sobre casos de violência sexual e violência baseada em gênero, além de repelentes.  

“Falamos da violência contra as mulheres e de como o kit pode ajudar a salvar vidas. Todos bateram palmas no momento em que mostramos a lanterna, assim como quando mostramos o repelente, uma vez em que há muitos mosquitos na região e o temor por uma infecção por malária. Ficaram muito contentes e pediram para voltarmos”, afirma a mobilizadora do UNFPA.

Ao total, foram doados kits para 15 famílias de indígenas, e o contato permanece aberto. O Fundo de População da ONU está presente em Roraima desde 2017, onde atua diretamente no acolhimento e atendimento das pessoas venezuelanas migrantes e refugiadas que chegam ao país, atuando na prevenção e resposta à violência baseada em gênero, e no campo da saúde sexual e reprodutiva, sendo um parceiro estratégico na atuação da Operação Acolhida, que coordena a recepção destas pessoas.