News

Mulheres custodiadas em Manaus concluem curso promovido pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária com apoio do UNFPA

28 Agosto 2020
Mulheres custodiadas no Centro de Detenção Provisória Feminino de Manaus participaram do Curso de Produção de Máscaras de Tecido para prevenção à Covid-19 (Foto: Divulgação/SEAP)

Primeira turma, com 13 mulheres, se formou na última terça-feira (25) e entregou 1105 máscaras produzidas de acordo com recomendação da Anvisa

Formou-se na terça-feira, dia 25 de agosto, a primeira turma de mulheres custodiadas no Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF) de Manaus, que participaram do Curso de Produção de Máscaras de Tecido para prevenção à Covid-19. O grupo formado por 13 mulheres cumpriu uma carga horária de 120 horas de capacitação.

O curso  faz parte de uma parceria maior entre Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) e o Fundo de População da ONU (UNFPA), firmada por meio da assinatura de um termo de cooperação, que prevê ações de promoção da saúde e de proteção dos direitos humanos às mulheres em custódia de Manaus. As máscaras resultantes do curso de costura serão utilizadas pelo próprio programa de assistência humanitária do UNFPA na região e também serão direcionada pela SEAP a funcionários e pessoas em custódia do sistema.

Além da realização do curso, a parceria prevê a promoção de atividades focadas no acesso à saúde, principalmente sexual e reprodutiva, à prevenção ao HIV e ao enfrentamento à violência baseada em gênero, além de apoiar a produção de pesquisa e dados sobre o sistema penitenciário. O objetivo é, por meio dos dados coletados, subsidiar políticas públicas de promoção e garantia dos  direitos humanos.

O evento de formatura contou com a presença do Secretário de Administração Penitenciária do Estado do Amazonas, o Coronel Marcus Vinícius Oliveira de Almeida, da Diretora do CDPF, a Tenente Maria do Socorro Freitas Pinho de Souza, e a associada de projetos do Fundo de População da ONU em Manaus, Débora Rodrigues. 

Na oportunidade, ainda foi realizada uma inauguração simbólica da Oficina de Corte e Costura do CDPF, que foi montada com cinco máquinas e insumos doados pelo UNFPA, bem como a entrega de 1108 unidades já confeccionadas.  O acordo prevê a produção de aproximadamente 10.000 máscaras dupla face, padronizadas de acordo com as recomendações técnicas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)