News

Institutos de estatística africanos discutem a criação de Centros de Referência em Censos

4 Maio 2016
Fernanda Lopes (UNFPA); Wasmália Bivar (IBGE); e Melissa Scheidemantel (ABC), na abertura da reunião

Rio de Janeiro – Começa a ser concretizada a proposta de criação de Centros de Referência em Censos com Coleta Eletrônica de Dados na África, com a reunião técnica de três dias iniciada nesta quarta-feira (4) na sede do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no Rio de Janeiro. Com a participação de representantes dos institutos nacionais de estatística dos países parceiros - África do Sul, Cabo Verde e Senegal -, o encontro visa revisar, validar e aprovar a proposta de projeto de cooperação Sul-Sul elaborado pelo IBGE, pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

O projeto tem como objetivo capacitar os institutos nacionais de estatística da África do Sul, do Senegal e de Cabo Verde na utilização de tecnologias de coleta eletrônica de dados, baseada na experiência do IBGE, de forma a torná-los Centros de Referência em censos. Isso permitirá que os três países, uma vez dotados de capacidade técnica, compartilhem o conhecimento adquirido com os demais países da região, apoiando a realização de ronda de censos prevista para ocorrer em 2020. A expectativa é que a cooperação possa beneficiar pelo menos 18 países do continente que têm previsão de realizar censos nos próximos anos.

 criação dos Centros de Referência responde à demanda crescente, observada nas últimas décadas, de países da África que têm buscado a cooperação técnica brasileira, em especial no que diz respeito ao compartilhamento da metodologia desenvolvida pelo IBGE para o censo realizado no Brasil em 2010, o qual teve como principal elemento inovador a coleta eletrônica de dados.

A cooperação técnica entre países em desenvolvimento (cooperação técnica Sul-Sul) constitui um instrumento de política externa e de promoção do desenvolvimento socioeconômico dos países cooperantes. Também promove a transferência de conhecimentos e técnicas e o adensamento das relações políticas, econômicas e comerciais entre os países.

 O encontro, que reúne 34 especialistas, foi aberto pela presidenta do IBGE, Wasmália Bivar; participaram também da mesa de abertura Fernanda Lopes, representante auxiliar do UNFPA; e Melissa Scheidemantel, analista de projetos da ABC. Entre os países parceiros, participaram técnicos dos institutos Statistics South Africa (Stats SA), Instituto Nacional de Estatística de Cabo Verde (INE), e da Agência Nacional de Estatística e Demografia do Senegal (ANSD).