News

Embaixador britânico visita Roraima e conhece trabalho do UNFPA em assistência humanitária

20 Maio 2019
Representante do UNFPA, Jaime Nadal, acompanhou visita do embaixador britânico (Foto: UNFPA Brasil/Samara Cordeiro)

O embaixador britânico no Brasil, Vijay Rangarajan, conheceu de perto o trabalho do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) na assistência humanitária às pessoas venezuelanas migrantes e refugiadas em Boa Vista, Roraima, nesta segunda-feira, 20. Acompanhado pelo representante do UNFPA no Brasil, Jaime Nadal, Rangarajan elogiou o trabalho de acolhimento realizado no estado e reforçou a importância das ações de apoio às pessoas recém-chegadas. A agenda foi realizada em parceria com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados (ACNUR). 

O UNFPA está presente em Roraima desde agosto de 2017, atuando diretamente no recebimento da comunidade venezuelana. “Em casos de emergências humanitárias, o Fundo de População da ONU é o órgão responsável por prevenir e oferecer respostas para a violência sexual e a violência de gênero e por garantir o acesso a serviços em saúde sexual e reprodutiva, especialmente saúde materna e planejamento reprodutivo”, explica Jaime Nadal.


Embaixador conhece o Kit Dignidade (UNFPA Brasil/Samara Cordeiro)

Entre os locais visitados por Rangarajan, estão os abrigos e o Posto de Triagem coordenados pela Operação Acolhida, o Centro de Convivência e Atendimento Psicossocial (projeto do UNFPA em parceria com o ACNUR e o Exército da Salvação, com recursos da União Europeia) e a estrutura mantida na Rodoviária para acolhimento da população. O embaixador também visitou o Espaço Amigável, mantido pelo Fundo Central de Resposta de Emergência (CERF) e pelo UNFPA. Trata-se de uma sala de atendimento exclusiva e segura, onde mulheres, mulheres grávidas e lactantes, pessoas LGBTI, pessoas com deficiência, idosas ou vivendo com HIV, entre outras com necessidades específicas, são acolhidas.

 

O embaixador britânico demonstrou bastante interesse na entrega dos Kits Dignidade -- bolsa contendo artigos de higiene e itens básicos, entregue à população mais vulnerável, e observou que “o suporte à saúde e proteção das mulheres é uma das principais preocupações”.

Operação Acolhida 

O representante do UNFPA, o embaixador e suas equipes também foram recebidos pelo coronel George Feres Kanaan, um dos coordenadores da Operação Acolhida, força-tarefa das Forças Armadas (Exército, Marinha e Força Aérea) para recebimento da população migrante e refugiada. Kanaan deu mais detalhes sobre as três fases da operação: Ordenamento de Fronteira, Acolhimento e Interiorização. Mais tarde, o representante do UNFPA e o embaixador foram recebidos pelo governador de Roraima, Antonio Denarium.


Coronel Kanaan esteve presente (UNFPA Brasil/Samara Cordeiro)

“Só uma solução em conjunto pode ajudar a avançar nesta situação. O governo brasileiro, as agências do sistema ONU e as organizações da sociedade civil estão muito engajadas em trazer melhorias nesta situação tão sensível e o Governo Britânico está pronto para apoiar”, concluiu Rangarajan.

 

A visita foi finalizada, neste primeiro dia, com um encontro inter-agencial entre o Fundo de População, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a Organização Internacional para as Migrações (OIM), a ONU Mulheres e o ACNUR.