Statement

Dia Internacional da Juventude: Vamos colocar a juventude no centro

13 Agosto 2018
Em 2018, Dia Internacional da Juventude traz como tema "Espaços seguros para a juventude" (Foto: UNFPA Brasil/Erick Dau)

Declaração da Diretora-executiva do UNFPA, Dra. Natalia Kanem, para o Dia Internacional da Juventude 2018:

Queremos alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e cumprir nosso compromisso de não deixar ninguém para trás. Queremos também construir paz duradoura. Portanto, a juventude pertence ao centro de nossos esforços coletivos. Vamos abraçar a juventude como parceiros ativos nesta jornada.

Nenhum de nossos ambiciosos objetivos globais pode ser alcançado sem a participação significativa dos jovens. Eles e elas - 1,8 bilhões - são nosso futuro e nosso presente.

Mesmo assim, jovens, especialmente meninas adolescentes, ainda enfrentam desafios para manter-se saudáveis, receber educação e tomar suas próprias decisões na vida. Ameaças aos seus direitos e bem-estar hoje põe em perigo o potencial de se tornarem cidadãs e cidadãos engajados e produtivos no futuro.

Temos o poder e a responsabilidade de ajudar todas as meninas e meninos a fazerem uma transição segura e saudável da adolescência e para a vida adulta. Todo espaço deve ser um local seguro para a juventude – a casa, a sala de aula, os centros de saúde e as mesas onde acordos de política e paz são escritos.

Para o UNFPA, a agência das Nações Unidas de saúde sexual e reprodutiva, trabalhar com e para jovens e promover a liderança e a participação delas e deles têm sido uma tradição de longa data. Nossos esforços permitem que jovens desenvolvam habilidades e conhecimentos e apoiam suas necessidades para que tomem decisões conscientes sobre seus corpos, vidas, famílias, comunidades, países e nosso mundo. Jovens estão à frente das ações do UNFPA para construir sociedades mais justas e resilientes onde a prosperidade é compartilhada por todos e todas. Juntamo-nos aos nossos parceiros para ampliar o papel de jovens na ação humanitária e na transformação de conflitos por meio da Cúpula Mundial Humanitária e da Resolução 2250 do Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre Juventude, Paz e Segurança, e estamos empenhados em continuar a liderar este trabalho vital. E a Estratégia da ONU para a Juventude, a ser lançada em setembro, representa o compromisso coletivo e inabalável da família Nações Unidas de reforçar nosso trabalho para e com jovens, sob a liderança do Secretário-Geral.

Em todo o mundo, jovens dizem: “Nada sobre nós, sem nós!”. No UNFPA, ouvimos, aprendemos e levamos este princípio a sério. Nossas parcerias com jovens são e deverão ser sempre baseadas em sua participação ativa e significativa.

Centenas de milhões de meninas adolescentes estão esperando para reivindicar seu poder e realizar seu potencial. Com o nosso apoio, elas poderão reivindicar seus direitos e realizar suas aspirações. Com o nosso apoio, costruirão o futuro de si mesmas – e do mundo.