Vídeo

24/02/2018

27 de outubro é o Dia Nacional pela Mobilização Pró-Saúde da População Negra. A data foi instituída em 2007 por ativistas do movimento negro para colocar em pauta o peso das desigualdades raciais na saúde. Exemplos significativos estão nos números de HIV e Aids no Brasil.

01/11/2017

Mulheres negras têm até duas vezes mais chances de morrer por causas relacionadas a gravidez, parto e pós-parto quando comparadas às mulheres não negras. Saiba mais sobre a importância dos esforços pela igualdade racial na área de saúde.

08/11/2017

A ONU quer falar com você! É sobre Vidas Negras, uma campanha pelo fim da violência contra a juventude negra no Brasil. Todos os anos, 23 mil jovens negros são assassinados no Brasil. Já passou da hora do Brasil reagir! Junte-se à ONU e compartilhe essa ideia! Saiba mais: nacoesunidas.org/vidasnegras

15/11/2017

Você sabe o que é filtragem racial? É quando uma pessoa é escolhida como suspeita simplesmente por causa da cor. Isso é justo? A campanha Vidas Negras busca o fim da violência contra a juventude negra no Brasil. Junte-se à ONU e ao UNFPA Brasil e compartilhe essa ideia! 
Saiba mais em www.onu.org.br/vidasnegras

17/11/2017

O racismo restringe os direitos das pessoas negras, incluindo o de ir e vir. Jovens negros não podem ser impedidos de circular e permanecer em espaços públicos. A campanha “Vidas Negras”, pelo fim da violência contra a juventude negra, adverte: o lugar da juventude negra é em todo lugar! Lançada pela ONU no mês da consciência negra, a iniciativa quer chamar atenção da sociedade e dos gestores públicos sobre os prejuízos do racismo não só para a população negra, mas para todos os brasileiros. Saiba mais: http://bit.ly/vnegras

20/11/2017

A realização de Censos populacionais com coleta eletrônica de dados é uma das tecnologias sociais de sucesso que o Brasil compartilha com os seus parceiros do Sul. Além da significativa economia de recursos financeiros e contribuição para o meio ambiente, pela não utilização de papel, a realização de Censos eletrônicos permite, por exemplo, o acesso às informações coletadas, muito mais rapidamente, de forma a permitir ações mais efetivas e fundamentadas para o desenho de políticas públicas

20/11/2017

Segundo pesquisa realizada pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e pelo Senado Federal, 56% da população brasileira concorda com a afirmação de que “a morte violenta de um jovem negro choca menos a sociedade do que a morte de um jovem branco”. Por quê? O que coloca diferença no valor das vidas, neste caso, é o racismo. É ele que permite que a cada 23 minutos um jovem negro seja assassinado no Brasil. Rompa com o racismo e a indiferença! Junte-se a ONU Brasil na campanha “Vidas Negras”, pelo fim da violência contra a juventude negra. A próxima morte tem que ser evitada! Saiba mais: bit.ly/vnegras

20/11/2017

O projeto de cooperação sul-sul trilateral “Centros de Referência em Censos com Coleta Eletrônica de Dados em África” foi destaque no jornal da noite da Record TV Cabo Verde.

A TV cobriu a cerimônia de abertura das capacitações que decorrerão em Cabo Verde, no âmbito do projeto, entre os dias 20 de novembro e 1º de dezembro. Na ocasião, participou o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares

Cerca de 11 representantes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) estão em Cabo Verde para capacitar cerca de 20 especialistas do INECV, de modo que o Instituto atue como polo de referência em censos com coleta eletrônica de dados, promovendo e facilitando o uso de tecnologias de coleta eletrônica por outros países africanos.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre o governo brasileiro, por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE); o governo do Cabo Verde, por meio do Instituto Nacional de Estatística - INECV; o governo do Senegal, por meio da Agence Nationale de la Statistique et de la Démographie - ANSD; e o Fundo de População das Nações Unidas UNFPA Brasil, para criar uma estratégia conjunta de compartilhamento com os países do continente africano, da metodologia desenvolvida pelo Brasil, em 2010, para a realização de um censo totalmente digital.

18/12/2017

18 de dezembro é o Dia Internacional dos Migrantes. Nos últimos dois anos, Roraima, no extremo Norte do Brasil, é um dos estados que mais tem recebido pessoas que precisaram deixar o país de origem. São famílias, amigos e lares deixados para trás, assim como sonhos. E se fosse com você? Conheça algumas histórias na campanha do UNFPA Brasil e da Rede Acolher, com apoio da ACNURl, OIM, ACNUDH e ONU Brasil.

Ficha técnica:
Realização: Platô Filmes
Direção: Marcela Ulhoa, Thiago Bríglia, Yareidy Rivas
Produção Executiva: Thiago Briglia
Direção de Fotografia: Yareidy Rivas
Roteiro: Mariana Tesch e Marcela Ulhoa
Edição e Finalização: André Gomes
Produção: Evilene Paixão
Som direto: Victor Hugo Magalhães Mourão
Assistente de fotografia: Valdimarley Lima Braga
Assistente de produção: Erick Bruno Perdiz Itapirema

18/12/2017

Segundo o UNAIDS Brasil, pessoas trans têm 49 vezes mais chances de adquirir o HIV que a população adulta em geral. No Dia Mundial contra a AIDS, lembrado em 1° de dezembro, Jacqueline Côrtes, conselheira do UNFPA Brasil, fala sobre a necessidade de se acabar com os estigmas e o preconceito.

Pages