Vídeo

30/12/2020

 

Para facilitar o atendimento de mulheres, o projeto "Saúde das Manas" visa garantir acesso à saúde da mulher na Ilha do Marajó. O Fundo de População da ONU e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Pará (Cosems-PA) realizaram uma parceria para que ginecologistas e obstetras possam atender à distância cerca de 80 mil mulheres em idade fértil e assim manter os serviços em saúde reprodutiva e saúde da mulher mesmo durante a pandemia de Covid-19.

Municípios atendidos: Afuá, Anajás, Bagre, Melgaço, Salvaterra, Santa Cruz do Arari.

Saiba mais sobre o projeto Saúde das Manas no site: www.saudedasmanas.org.br

07/12/2020

O Fundo de População da ONU (UNFPA), juntamente com a Embaixada dos Países Baixos e Embaixada do Canadá, lançam a Plataforma Mulher Segura. A ferramenta visa facilitar o acesso e agregar as informações sobre serviços de proteção às mulheres vítimas de violência.

07/10/2020

Convidadas

- Joana da Conceição Santos, 14 anos, pertencente do povo Truká, estudante, poeta e escritora

- Vitória Rocha, 14 anos, cigana Calin, estudante e dançarina

- Gaby Carolina Mencias Serano, 17 anos, estudante, voluntária e ativista LGBTQ+

- Clara Marcela da Silva, 19 anos, participante do projeto Agentes da Cidadania, atriz e estudante

- Milena Neri Guimarães, 21 anos, estudante de Fisioterapia no Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), Integrante do projeto PET “Multiplicando saúde: promoção da saúde de adolescentes na perspectiva da educação popular”

- dra. Denise Leite Ocampos. Hebiatra e Médica de Família e Comunidade, especialista em Saúde mental, Gestão Pública e Ensino na Saúde. Gerente de Atenção à Saúde de Populações em Situações Vulneráveis e Programas Especiais (GASPVP)

Mediação Cintia Cruz, Analista Técnica do UNFPA

Realização Fundo de População das Nações Unidas no Brasil

12/08/2020

Declaração da representante do Fundo de População das Nações Unidas, Astrid Bant, para o Dia Internacional da Juventude, 12 de agosto.

16/04/2020

Manter serviços de saúde sexual e reprodutiva, como fornecimento de contraceptivos, e tratar grávidas com prioridade estão na lista

08/08/2019

Desde 2016, o programa de Estágio Afirmativo do UNFPA Brasil contribui com a formação de um time mais plural, composto de jovens afrodescendentes, indígenas, LGBTI e de baixa renda, entre outros grupos. Ao encorajar a participação de jovens vindos de diversas esferas da sociedade, o UNFPA marca seu mandato como agência líder para questões de juventude.

15/07/2019

O UNFPA promove a ação “Mais que minha mãe, menos que minha filha”, e foi às ruas para convidar as pessoas a refletirem sobre as mudanças e os desafios encontrados no acesso a seus direitos. Sadraque Labres conta que sua mãe teve filhos muito nova, com isso, ele pensa em construir uma família de forma planejada.

15/07/2019

O UNFPA promove a ação “Mais que minha mãe, menos que minha filha”, e foi às ruas para convidar as pessoas a refletirem sobre as mudanças e os desafios encontrados no acesso a seus direitos. Nathália diz que não quer ter filhos e observa que a mentalidade desta geração mudou.

15/07/2019

O UNFPA promove a ação “Mais que minha mãe, menos que minha filha”, e foi às ruas para convidar as pessoas a refletirem sobre as mudanças e os desafios encontrados no acesso a seus direitos. Bárbara Alves, de 20 anos, diz que a mãe dela não tinha tanto acesso aos métodos contraceptivos, hoje em dia, para ela, há mais informação sobre isso.

15/07/2019

O UNFPA promove a ação “Mais que minha mãe, menos que minha filha”, e foi às ruas para convidar as pessoas a refletirem sobre as mudanças e os desafios encontrados no acesso a seus direitos. Eunice Oliveira observa a diferença de oportunidades que ela e sua mãe tiveram.

Páginas