News

Enfrentamento ao HIV e Aids é pauta para discussão com jovens no Amazonas

6 Dezembro 2018
A atividade reúne jovens vivendo e convivendo com HIV/AIDS do estado do Amazonas, além de estudantes e profissionais de saúde (Imagem: Divulgação)

Neste sábado (8) o Fundo de População das Nações Unidas contribui com o debate sobre novas tecnologias de prevenção de HIV/Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis com jovens amazonenses. O “II Seminário de HIV e Juventude” é um evento organizado pela Rede Nacional de Adolescentes e Jovens Vivendo com HIV/Aids, do Núcleo Amazonas que contribui para o enfrentamento do HIV/AIDS em diferentes contextos sociais e individuais.

A atividade reúne jovens vivendo e convivendo com HIV/AIDS do estado do Amazonas, além de estudantes e profissionais de saúde. Segundo o assessor de HIV e Juventude do Fundo de População das Nações Unidas, Caio Oliveira, a ação traz à luz uma discussão fundamental para o contexto do estado do Amazonas, reduzir as novas infecções por HIV entre populações em maior vulnerabilidade, incluindo mulheres e jovens, exigirá um esforço para ampliar o acesso e tratamento livres de qualquer barreira ou discriminação.

“A violência, dificuldades logísticas de acesso, a pobreza, a escolarização deficitária, associados ao estigma e discriminação, definem um quadro de vulnerabilidades acumuladas, que impactam negativamente nos direitos à saúde, e no acesso aos serviços de saúde para a prevenção e o tratamento das IST e HIV/aids”. disse Oliveira.

O UNFPA facilita a palestra “Direitos sexuais e reprodutivos da juventude”. Esta palestra é parte de uma série de atividades que pretendem capacitar a juventude, principalmente do interior do estado, no enfrentamento da epidemia de HIV/Aids. O evento acontece a partir das 8h, no Auditório da Universidade do Estado do Amazonas (Av Carvalho Leal, número 1777, Cachoeirinha, Manaus).