Conferência de Durban

Na ocasião, a Assembléia Geral aprovou por consenso a resolução intitulada "Unidos contra o racismo, a discriminação racial, a xenofobia e a intolerância"

 

Em 2001, a Organização Nações Unidas organizou a Conferência na Conferência Mundial das Nações Unidas de 2001 contra o Racismo, a Discriminação Racial, a Xenofobia e a Intolerância, ocorrida de 31 de agosto e 8 de setembro em Durban, na África do Sul. Na ocasião, foram estabelecidas a Declaração e Programa de Ação de Durban, documentos que instituem a ação da comunidade internacional para combater o racismo, adotado por consenso na. É uma agenda inovadora e orientada para a ação para combater todas as formas de racismo e discriminação racial.

Dez anos depois, em 22 de setembro de 2011, a Assembleia Geral das Nações Unidas realizou uma reunião em Nova York para comemorar o 10º aniversário da adoção. O 10º aniversário foi uma chance de fortalecer o compromisso político na luta contra o racismo e a discriminação racial. Como aconteceu durante o Ano Internacional das Pessoas de ascendência africana de 2011, ele nos lembrou de todas as vítimas identificadas na Declaração e Programa de Ação de Durban e criou outra oportunidade para se concentrar em como prevenir e combater o racismo e a discriminação racial em todas as suas manifestações.

No plenário de abertura da reunião, os líderes mundiais adotaram, por consenso, uma declaração política proclamando sua "forte determinação em fazer a luta contra o racismo, a discriminação racial, a xenofobia e a intolerância correlata e a proteção das vítimas, uma alta prioridade para [seus] países ".

Confira a declaração.